3 de setembro de 2013

Se joga no nhoque!

Sempre me vem à mente a cena da minha mãe fazendo nhoque aos domingos em casa. Ela jogava farinha na pia, fazia rolinhos da massa e cortava. Eu sempre pegava alguns escondidos e comia, cru mesmo. Ô beleza!

No último dia 29, o tal Dia do Nhoque, resolvi me aventurar. Cheguei em casa após o trabalho e fiz o tal prato, assim como fazia minha mãe (o verbo no passado mesmo porque hoje ela tem um acessório bacanérrimo que facilita o processo).

Cozinhei as batatas, chamei o marido para passá-las no espremedor e segui o passo-a-passo dos rolinhos na farinha sobre a bancada. Tudo muito fácil e rápido. Fiz um molho caseiro e levei ao forno para gratinar o queijo.

Montamos a mesa como manda a tradição: colocar uma nota sob cada prato, servir o nhoque e comer os 7 primeiros pedaços em pé, fazendo um pedido para cada garfada. Eita que ficou bom mesmo! Marido repetiu e isso dispensa comentários, né?

Aqui, a cena do crime...



Um comentário:

  1. Hummm deve ter ficado muito bom mesmo !!
    deu água na boca...

    Bjos

    ResponderExcluir

Que se passa?